Rádio Nova Esperança FM - Uma Nova Esperança Está No Ar!

Associação Nova Esperança
Morre em Caetité, aos 98 anos, monsenhor Osvaldo Pereira de Magalhães
  • Morre em Caetité, aos 98 anos, monsenhor Osvaldo Pereira de Magalhães

  • Postado em 27, ago 2014 por: Anderson Ferreira

10646709_358800637600404_3243722767887360406_nMonsenhor Osvaldo Pereira de Magalhães morreu na manhã deste domingo (24), aos 98 anos, no Hospital e Maternidade Senhora Santana de Caetité, onde estava internado. A causa da morte não foi divulgada.

Com mais de 70 anos dedicados ao ministério presbiteral, padre Vavá, como era conhecido, tinha devoção por Nossa Senhora Santana, padroeira da diocese de Caetité.

Nos últimos anos de vida, monsenhor Osvaldo celebrava a missa apenas na casa onde morava, devido à idade já avançada e à cegueira provocada pelo glaucoma.

“Doou sua vida a serviço do Reino de Deus e dos irmãos nesta querida Igreja Particular. Homem de profunda fé e piedade, deixará muita saudade ao coração do povo de Caetité e Lagoa Real, como também ao povo de toda a nossa Diocese”, diz a nota, divulgada pela Pastoral da Comunicação da diocese.
O corpo de monsenhor Osvaldo foi velado, durante todo o domingo, na Catedral de Caetité e sepultado, na manhã desta segunda-feira (25), após a celebração de uma missa.

A prefeitura de Caetité decretou luto por três dias.

História
Filho de Antônio Pereira de Magalhães e de Júlia Pereira de Magalhães, monsenhor Osvaldo nasceu em 24 de dezembro de 1915, em Caetité. Ordenou-se sacerdote em 23 de março de 1941. Foi nomeado vigário de Caetité no ano de 1945. O título de monsenhor veio em razão dos serviços prestados à Igreja e aos paroquianos.

As informações são da Pastoral da Comunicação da diocese de Caetité

1015 Total de visitas 1 Visitas hoje

Etiqueta(s): ,

Natural de Malhada de Pedras, é jornalista pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) e pós-graduado em Comunicação e Marketing em Redes Sociais, pela Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC).



Voltar