Rádio Nova Esperança FM - Uma Nova Esperança Está No Ar!

Associação Nova Esperança
Primeiro CPD do ano é realizado, neste fim de semana, em Caetité
  • Primeiro CPD do ano é realizado, neste fim de semana, em Caetité

  • Postado em 25, fev 2018 por: Nova Esperança FM 87.9

Padres, religiosas, coordenadores diocesanos de movimentos, pastorais e serviços, além de representantes de cada uma das 37 paróquias da Diocese de Caetité estiveram reunidos, neste fim de semana, no Centro de Treinamento de Líderes (CTL), em Caetité, para o primeiro Conselho Pastoral Diocesano (CPD) deste ano. Presente no encontro, o bispo Dom Carvalho presidiu os trabalhos.

Em entrevista à Rádio Educadora Santana, o padre Waldech Brito Gondim, coordenador diocesano de pastoral, falou sobre a realização do encontro. “O CPD, no início do ano, é para planejar a caminhada da nossa diocese e reaver as decisões para que se cumpram em cada paróquia”, disse.

Na sexta-feira (23), dia em que o Papa Francisco instituiu o Dia de Oração e Jejum, os participantes do CPD tiveram um momento de espiritualidade quaresmal. No sábado (24), uma apresentação de análise da atual conjuntura foi conduzida por Magno Oliveira, da Comissão Pastoral da Terra (CPT), de Itabuna (BA).

Na programação teve também apresentações de propostas para a Campanha da Fraternidade e do livro dos Atos dos Apóstolos, escolhido para estudo nos círculos bíblicos nas paróquias e comunidades ao longo deste ano.

O Plano Pastoral Diocesano, construído durante a Assembleia Diocesana, em novembro do ano passado, também foi apresentado. De acordo com o Plano e com a nova configuração da Diocese de Caetité, os zonais passam a ser chamados de vicariatos e, em vez de nove, agora serão seis. Cada vicariato terá um título da Ladainha de Nossa Senhora e um vigário responsável, que vai representar o bispo, em muitos momentos, e dinamizar as atividades pastorais.

O CPD foi encerrado na manhã deste domingo (25). O encontro é realizado duas vezes por ano.

 

Fonte: diocesedecaetite.org.br

390 Total de visitas 2 Visitas hoje

“O rádio é a escola dos que não têm escola, é o jornal de quem não sabe ler, é o mestre de quem não pode ir à escola, é o divertimento gratuito do pobre, é o animador de novas esperanças, o consolador dos enfermos e o guia dos sãos – desde que o realizem com espírito altruísta e elevado, pela cultura dos que vivem em nossa terra, pelo progresso do Brasil.” (Edgard Roquette Pinto)



Voltar