Rádio Nova Esperança FM - Uma Nova Esperança Está No Ar!

Associação Nova Esperança
Quaresma: Paróquia de Malhada de Pedras inicia caminhada penitencial
  • Quaresma: Paróquia de Malhada de Pedras inicia caminhada penitencial

  • Postado em 04, mar 2017 por: Anderson Ferreira

A caminhada penitencial começou às margens do rio da cidade.

A caminhada penitencial começou às margens do rio do Antônio, que por muito tempo foi a fonte de abastecimento hídrica do município de Malhada de Pedras. Hoje, devido à ação humana, o rio, com a pouca água acumulada em pequenas poças pelos escassos períodos de chuva, é apenas parte de um cenário seco do sertão baiano. É que o escoamento de resíduos industriais e o esgotamento sanitário sem tratamento, ao longo das cidades banhadas pelo rio, tiraram-lhe a vida.

“Vejam o nosso rio como era e comparem com a situação de agora. Nesse rio corria água todos os anos”, diz a animadora, Núbia Cangussu, referindo-se à imagem do rio de anos atrás, retratada em um painel. “Que futuro vamos deixar para nossos filhos? É triste ver que nós mesmos estamos destruindo a nossa própria casa”, completa a animadora para um grupo de dezenas de pessoas. A cidade, agora, recebe a água para o consumo e outras necessidades da barragem de Cristalândia, que fica no município vizinho de Brumado.

O painel mostra a imagem de quando ainda corria água pelo rio.

O ato de oração e penitência nas encostas do que um dia foi um rio cheio de vida lembra a Campanha da Fraternidade deste ano, que tem como tema “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida”. O objetivo da Igreja com a campanha é propor o cuidado com a natureza e promover relações mais fraternas com a vida e entre os povos, de acordo com os ensinamentos do Evangelho.

A cruz com o manto roxo vai à frente, guiando a procissão. No percurso com pouca iluminação até a igreja Matriz, orações e cantos mostram a fé de um povo que suplica por diversas necessidades, desde a benção da chuva até a cura de uma enfermidade. São as dores e dificuldades de nosso tempo. A cada parada, a lembrança dos passos de Jesus a caminho do calvário. Na caminhada, são 15 pontos de meditação que recordam as estações da Via-sacra, o trajeto seguido por Jesus ao carregar a cruz para ser crucificado.

Em cada parada, uma prece especial por um bioma brasileiro.

Em cada ponto de meditação, uma prece especial em favor dos biomas brasileiros, ameaçados pelas agressões humanas. A Mata Atlântica, uma das florestas tropicais mais devastadas do mundo, hoje tem apenas 7% de área preservada. A nossa Caatinga tão castigada pela seca e o semiárido onde a encontramos. O Cerrado que sofre a ameaça do agronegócio. O desmatamento na Amazônia, maior riqueza natural do Brasil e maior biodiversidade do mundo. O Pantanal agredido pelo intenso plantio de pastagens e pelas queimadas. Os Pampas com seus grandes latifúndios.

Mais a diante, as orações pela conservação do planeta, nossa “casa comum”, que também sofre com a ausência de saneamento básico, um risco à saúde das pessoas. Já na praça da Matriz, em frente à imagem do Cristo de braços abertos, a contemplação da ressurreição de Jesus e o sentimento de esperança e vitória diante de tantas agressões à vida humana e à criação deixada por Deus.

A caminhada penitencial em Malhada de Pedras segue até a Semana Santa. Os encontros acontecem sempre às sextas-feiras, às 19h30, com saída de um local diferente, a cada semana.

381 Total de visitas 2 Visitas hoje

Natural de Malhada de Pedras, é jornalista pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) e pós-graduado em Comunicação e Marketing em Redes Sociais, pela Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC).



Voltar